LINUX, TI E MUITO MAIS!
Cadastre-se agora e receba gratuitamente o ebook do Curso Linux Ubuntu, dicas imperdíveis para ter sucesso com Linux
Insira seu email no campo ao lado para receber AGORA o Ebook!

Carreira de programação – Por que começar no ambiente Linux?

Muitos profissionais da tecnologia da informação demonstram uma expressiva preferência pelos sistemas open source, que dão mais liberdade e flexibilidade no uso. Para quem está iniciando uma carreira de programação o principal deles é o Linux, que conquista cada vez mais usuários no mundo todo.

Resultado disso é o aumento do uso de sistemas open source dentro de organizações corporativas, que estão trocando os sistemas privados que antes dominavam esse espaço por softwares livres que diminuem o custo, aumentam a segurança dos dados e geram muitas outras vantagens.

por que comecar sua carreira de programação no ambiente linux

 

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

Essa troca reflete no aumento da demanda por profissionais especializados em Linux no mercado de trabalho e na valorização da carreira de programação no ambiente Linux.

Você sabe por que o sistema do pinguim se destaca especialmente entre programadores, administradores de sistemas e outros profissionais de TI? Continue a leitura deste post e conheça as vantagens de começar sua carreira de programação no ambiente Linux!

Carreira de programação – Vantagens do sistema open source

Em comparação aos outros sistemas disponíveis no mercado e comumente usados (como o Windows), o sistema Linux apresenta diversas vantagens que vão muito além da redução de custos com softwares e aplicações.

Sistemas open source fazem parte de um conceito que alia liberdade, colaboração, flexibilidade e segurança para o usuário ou a organização que os utiliza. Daí o crescimento do uso do Linux entre empresas, organizações governamentais e filantrópicas e até mesmo entre usuários comuns.

Mais liberdade de escolha

A liberdade, além de fazer parte da filosofia open source, se apresenta nas características do Linux — começando pelo código aberto do sistema e de programas criados para rodar em software livre.

Leia também ...   O quanto você ainda precisa aprender sobre Linux?

Quem segue a carreira de programação e atua no mercado de trabalho sabe que essa liberdade é valiosa para criar soluções para os problemas que surgem na administração de um ou mais sistemas.

Por ser fundamental no meio empresarial atualmente, a tecnologia da informação é aplicada a inúmeros segmentos de negócios, cada um com suas particularidades.

Poder alterar programas para atender essas diferentes demandas é uma forma de se diferenciar no mercado enquanto profissional, o que é totalmente possível com o Linux.

Já no Windows, sistema privado e mais “engessado”, o profissional não tem muitas possibilidades. O ambiente gráfico do sistema não pode ser modificado de acordo com seu gosto, o que não acontece no Linux.

Além disso, o Linux conta com diversas distribuições que atendem a todos os tipos de usuários — inclusive grandes corporações — e tornam o sistema acessível a todos.

Terminal

O terminal do Linux é a peça mais importante desse sistema. É nele que o usuário usará os comandos para a instalação, a configuração e a criação de aplicações sem grandes segredos.

Apesar de ser possível realizar essas tarefas em um ambiente gráfico, com o Linux o profissional adquire um aprendizado mais profundo do que está sendo feito na máquina e no sistema por meio do terminal, o que é um grande diferencial.

Interoperabilidade

O Linux também possibilita uma maior interação entre sistema e usuário por meio da plataforma de aplicativos disponíveis aos usuários.

Nessa plataforma, é possível encontrar programas por segmento e escolher entre as opções existentes, não sendo obrigatório o uso de somente uma aplicação para cada função — como normalmente acontece em sistemas privados.

Integração com bibliotecas do sistema

O Linux permite que as bibliotecas do sistema, responsáveis por realizar funções em aplicações e programas, sejam usadas de forma dinâmica.

Leia também ...   Software livre - Por que se tornar um especialista?

Isso quer dizer que novos programas instalados no seu Linux vão acessar os arquivos da biblioteca para realizar algumas funções que já foram feitas, eliminando a necessidade de refazê-las. Ou seja, o programa vai gastar menos tempo para completar as tarefas que precisa.

Além disso, é possível criar uma biblioteca de funções, que vai servir para todos os scripts e, principalmente para aquelas mais usadas, vai acabar com a necessidade de copiá-las o tempo todo.

Shell script

Muito usada na automatização de tarefas administrativas no sistema Linux, a linguagem shell script poupa tempo e facilita a vida não só do profissional programador ou do administrador de sistemas, como também dos outros usuários de uma rede.

Em organizações corporativas, por exemplo, a linguagem é comumente usada para instalar e configurar o sistema, fazer backups, rodar programas, enviar e-mails para listas de contatos, dentre outras tarefas que são executadas automaticamente.

Conhecimento compartilhado

A filosofia do open source consiste em uma ajuda mútua entre usuários do mundo inteiro que usam sistemas OS, formando uma comunidade ativa e de suporte on-line.

Fóruns, comunidades, sites e blogs especializados no sistema Linux debatem problemas e soluções para atividades, que vão desde as mais corriqueiras até as mais complexas. Isso leva o usuário a aprender continuamente sobre o funcionamento do sistema.

Esse compartilhamento do conhecimento acerca dos sistemas é especialmente valioso para quem trabalha com TI, visto que o profissional tem mais fontes de informação disponíveis e pode se relacionar com pessoas do mundo todo trabalhando na mesma área.

Assim, além de conseguir ajuda e poder auxiliar os outros, a rede de contatos pode abrir algumas oportunidades de carreira.

Leia também ...   5 fortes tendências da TI para ficar de olho

Solução de baixo custo para sua carreira de programação

Uma grande vantagem do Linux se encontra no aspecto financeiro: por ser um software livre, qualquer usuário consegue baixar as distribuições do sistema e outros programas gratuitamente.

Mesmo em casos de distribuições ou programas mais sofisticados, em que há custo para a aquisição ou suporte, o usuário tem mais controle do quanto vai gastar para ter suas necessidades atendidas.

Em um sistema como o Windows, as licenças têm custos altos e muitas vezes exigem máquinas mais potentes, o que não acontece com o sistema do pinguim, que é mais leve e suportado por máquinas mais velhas.

Mais segurança, menos erros

Além da redução de custos, duas grandes vantagens do Linux — principalmente quando aplicado a organizações — são a segurança do sistema e a diminuição de erros que ele apresenta.

Sistemas Linux são mais estáveis que outros do mercado, apresentam menos erros e falhas e têm menor possibilidade de contrair vírus.

Aplicado a ambientes empresariais, o sistema do pinguim também vai garantir mais controle ao setor de TI sobre as máquinas e os usuários da organização, evitando desvios e perdas de dados.

Demanda de mercado

Por fim, a crescente demanda por profissionais especialistas em Linux é um grande atrativo para quem trabalha na área da tecnologia.

Quem deseja seguir carreira de programação, desenvolvimento, administração de sistemas e outras atividades de TI e atuar com software livre com certeza vai encontrar boas oportunidades no futuro.

Quer aprender sobre o Linux e aproveitar as vantagens que o software livre oferece? Baixe nosso e-book e comece já a se qualificar!

Sobre pedrodelfino

Trabalha a mais de 14 anos com administração de sistemas LINUX, dedicado em ensinar novos profissionais a atuar com servidores. Saiba mais aqui. "Caso queira participar de uma aula online comigo utilize o formulário Acima"

Aula Online: Aprenda a Dominar o Linux De Uma Vez Por Todas

x