9 mitos do Sistema Linux que você precisa ignorar (urgentemente)

Muita gente ainda se sente insegura ao pensar em trocar os sistemas operacionais tradicionais por opções livres, como o sistema Linux.

São muitos os mitos que você precisa ignorar – urgentemente – para perceber que está perdendo a oportunidade de conhecer esses sistemas repletos de recursos e que poderão trazer grandes benefícios para o seu dia a dia.

mitos do sistema linux

Por isso, analisamos os 9 mitos mais comuns sobre o SO do pinguim e vamos mostrar porque eles não condizem com a realidade. Confira as informações que reunimos e fique mais seguro quanto a utilização do sistema Linux!

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

1. É um sistema ultrapassado porque não há uma empresa para atualizá-lo

Muita gente ainda acredita que ele é ultrapassado, principalmente por ser livre e não ter uma empresa responsável pelas atualizações.

Essa ideia surgiu pela semelhança com o sistema chamado Unix, de 1969.

Mesmo não havendo uma companhia trabalhando em atualizações, há milhares de programadores entusiasmados criando, melhorando e atualizando o sistema, todos os dias. É justamente essa característica que torna o Linux um sistema tão atual!

Via de regra, as atualizações no Linux acontecem em períodos mais curtos do que no Windows. Seria impossível sobreviver esse tempo todo sem atualizações constantes! Portanto, esse é o primeiro mito da nossa lista.

ACESSAR A AULA GRATUITA

Aprenda A Dominar O Linux

Aula gratuita ensina como dominar o Linux de uma vez por todas, com passo a passo para você iniciar mesmo que esteja saindo do ZERO

2. A instalação é muito complicada

Esse é um dos mitos mais comuns e já vamos dizer porque ele não procede: quase a totalidade das distribuições do Linux oferece instalação de forma binária. Algumas, inclusive oferecem um live, recurso no qual você poderá experimentar o sistema antes de instalá-lo.

Leia também ...   Formação Linux: O Guia Completo para Você Ficar Atualizado

A instalação, em si, dura menos de uma hora, se pensarmos no processo completo. Não estamos falando aqui de uma pré-instalação, para depois realizar atualizações e outras continuações, se trata do sistema completo e pronto para usar.

Com a ajuda de processos gráficos, a instalação é guiada passo a passo. Para os que têm um pouco mais de prática, ela pode ser realizada dentro de 30 minutos e para os demais, como dissemos, em torno de uma hora.

3. Meu hardware não comporta o sistema

Com tamanho desenvolvimento e anos no mercado, há muito pouco hardware que não seja compatível com o Linux. Além disso, uma das principais características desse sistema é que ele foi desenvolvido para funcionar em hardwares com recursos limitados, ou seja, para não precisar do que há de mais avançado no mercado para rodar.

Portanto, é bem difícil encontrar algum hardware que não suporte o Linux. Faça uma experiência, você vai constatar isso na prática.

4. Não há muitos aplicativos para Linux

Esse é um dos mitos mais fáceis de quebrar. Afinal, existem milhões – e isso não é exagero – de aplicações para o Linux. De editores de texto e imagem a jogos e navegadores para acesso à Internet. Tem de tudo!

Alguns aplicativos tradicionais, como Microsoft Office e Photoshop, por exemplo, não tem versão para Linux, mas há muitos outros que, certamente, realizam as mesmas funções, além de serem mais flexíveis e repletos de recursos.

Muitas dessas aplicações são gratuitas e outras não. Mas, a verdade é que se você fizer uma busca simples, verá a quantidade de possibilidades que o Linux oferece.

5. Não é um sistema seguro

Acontece justamente o contrário. O fato de ser livre e, portanto, de código aberto, permite que as falhas de segurança sejam identificadas e resolvidas rapidamente por usuários experientes.

Leia também ...   Como agendar um script PHP usando Crontab no Linux

Além disso, diferentemente do Windows e do MacOS, o Linux não necessita de pesados antivírus e outros recursos que impedem falhas de segurança, consumindo memória RAM e, ainda, podendo custar caro para o bolso do usuário.

Dessa maneira, você pode ficar tranquilo, porque dificilmente terá algum problema de segurança usando o Linux.

6. Não há suporte em caso de problemas

Podemos enxergar esse mito por diferentes ângulos. Em primeiro lugar, realmente, não há uma empresa para recorrer em caso de problemas, se você utilizar uma distribuição do Linux. Porém, por ser um SO livre, existe tanta informação à disposição que fica fácil resolver qualquer problema e obter suporte.

Além disso, os problemas são muito poucos quando comparados com o Windows, por exemplo. Se você perguntar para um usuário do Linux sobre falhas do sistema, descobrirá que ele dificilmente trava e exige que se reinicie a máquina. Isso significa que ele precisa de pouca manutenção, facilitando bastante a vida do usuário comum.

7. Não há muitos jogos para o sistema Linux

Os gamers ficam sempre com o pé atrás quando o assunto é o Linux. Afinal, muitos dos jogos mais famosos possuem versões únicas para Windows ou MacOS. Mas, esse é um preconceito que precisa ser quebrado, também.

Além de existirem vários jogos para Linux, ainda há a possibilidade de utilização de softwares, como o Wine, para rodar os jogos de Windows. Sem contar que muitos desses games são virtuais, facilitando todo o processo.

Então, os gamers podem ficar tranquilos, pois, com o Linux, é possível jogar, sim! Sem grandes problemas e sem limitações!

8. Precisa saber linhas de comando para utilizar o Linux

Quem diz isso já não usa o Linux faz muito tempo, hein? Isso porque as principais distribuidoras desse sistema já trazem uma interface gráfica há bastante tempo.

Leia também ...   Container no Linux - Tudo que Você Precisa Saber Para Começar

Algumas funções ainda são realizadas por linhas de comando, porém, para a maioria basta os cliques em botões. É fácil e bem funcional!

Sem contar que o fato de ser um software livre, como dissemos, permite melhorias constantes, de acordo com as necessidades dos usuários.

9. Sistemas Linux são muito difíceis de usar

Esse é o principal mito que roda por aí. E não passa disso: um mito!

Muita gente acha que o Linux é um sistema apenas para usuários avançados e isso não é verdade!

Como já citamos, os desenvolvedores criaram interfaces gráficas extremamente intuitivas e pensadas de acordo com todos os conceitos de usabilidade, para tornar a vida do usuário mais simples e prática.

Para a tarefa de desbravar os sistemas Linux, você ainda pode contar com os cursos da E-ti Net, para aprender todos os detalhes sobre a utilização do SO, desde a instalação, até as funções mais avançadas.

ACESSAR A AULA GRATUITA

Aprenda A Dominar O Linux

Aula gratuita ensina como dominar o Linux de uma vez por todas, com passo a passo para você iniciar mesmo que esteja saindo do ZERO

Viu, só? Não tem com o que se preocupar! O Linux é um sistema operacional completo, fácil de usar e repleto de possibilidades. Basta você experimentar para entender todos os benefícios que ele pode trazer para o seu dia a dia.

Quer aprender a dominar de vez o Linux? Então, saiba que preparamos um e-book completo para ajudar você a entrar nesse mundo virtual repleto de novidades, por meio da sua versão mais famosa: o Ubuntu. Não deixe de conferir!

Sobre pedrodelfino

Trabalha a mais de 14 anos com administração de sistemas LINUX, dedicado em ensinar novos profissionais a atuar com servidores. Saiba mais aqui. "Caso queira participar de uma aula online comigo utilize o formulário Acima"