Como instalar o WINE 1.6 no Ubuntu. Versão tem 10.000 modificações

Após 16 meses de desenvolvimento, uma nova versão estável  do Wine foi lançada, a versão 1.6 tem cerca de 10.000 modificações, incluindo suporte completo para transparência de janelas, e um novo pacote do Mono para aplicativos .NET.

Entre as modificações da versão 1.6 do Wine podemos destacar:

  • Suporte a transparência de janelas, incluindo a paleta de cores e transparência alfa blending;
  • Toda renderização de janela agora é feito no lado do cliente usando o motor DIB (exceto para renderização OpenGL).
  • Renderização de fontes no servidor não é mais suportado. Todas as fontes são renderizadas do lado do cliente usando FreeType;
  • Melhorias significativas no desempenho no motor DIB, especialmente para processamento de texto, bitmap, alpha blending, e gradientes;
  • Fonte Sub-pixel anti-aliasing agora é suportada no motor DIB, usando a configuração de anti-aliasing;
  • Suporte de entrada Raw para teclado e mouse;
  • Suporte para Randr 1.2 e 1.3;
  • DOSBox é utilizado quando executado uma aplicação DOS. O DOS Wine é usado apenas para apoiar quando o DOSBox não pode ser encontrado, e será removido em uma versão futura;
  • Wine pode agora ser configurado para ele se passar por um “Windows 8”;
  • O runtime Mono é empacotado como um arquivo MSI, e sua instalação pode ser gerenciado a partir do painel de controle “Adicionar / Remover Programas”. Ele é instalado automaticamente com atualizações;
  • O Microsoft .NET 4 pode ser instalado para casos em que  o Mono ainda não tenho suporte;
  • Conexões HTTPS usar GnuTLS (ou um transporte seguro no Mac OS X). OpenSSL não é mais usado;
  • A implementação 9Ex Direct3D está mais completa;
  • Melhorias para várias partes dos D3Dx9 e Direct3D, com 10 novas implementações;
  • Enumeração dispositivo de áudio foi melhorado, e dispositivos multi-canal são melhor suportados;
  • VMR-9 renderização de vídeo foi implementado;
  • Gerenciamento de dispositivo dinâmico suporta o serviço UDisks2;
  • Wine agora é suportado para plataforma ARM64;
  • Suporte preliminar para Android usando o Android NDK;
  • Um driver nativo para Mac OS X foi implementado, para uma melhor integração com o ambiente de desktop Mac. Novos recursos são suportados, incluindo OpenGL, gerenciamento de janelas, área de transferência, drag & drop, bandeja do sistema, etc
Leia também ...   Java ee: saiba como criar um ambiente de Java ee no Linux

Para verificar o changelog completo, consulte:  http://www.winehq.org/announce/1.6

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

O anúncio oficial do Wine 1.6 também menciona “o suporte para novas aplicações e jogos “, mas eu não achei essa listagem.

Como Instalar o Wine 1.6 no Ubuntu

O Wine 1.6 estável não foi carregado para o Ubuntu PPA ainda, mas você pode usar o PPA para instalar o Wine 1.6 Release Candidate 5 (a versão estável deve estar disponível em breve). Para instalá-lo no Ubuntu, use os seguintes comandos:

 sudo add-apt-repository ppa:ubuntu-wine/ppa
 sudo apt-get update
 sudo apt-get install wine1.6

Sendo assim, o Wine é mais uma ótima forma de rodar aplicações do Windows em um Linux, mas lembrando que o Wine não é simples de configurar para algumas aplicações mais complexas, mas funciona muito bem para o resto.

Não deixe de verificar o artigo:

QUERO MUDAR PARA LINUX! DICAS PARA VOCÊ SUBSTITUIR O SEU WINDOWS POR UBUNTU AINDA HOJE

Ele poderá te ajudar também a identificar aplicações Linux que podem substituir bem os programas que você roda em seu Windows hoje.

Então é isso, se você tiver alguma experiência com o Wine, pode deixar um comentário.

Pedro Delfino

Sobre pedrodelfino

Trabalha a mais de 14 anos com administração de sistemas LINUX, dedicado em ensinar novos profissionais a atuar com servidores. Saiba mais aqui. "Caso queira participar de uma aula online comigo utilize o formulário Acima"