Lynx: Como Navegar Pela WEB Usando o Modo Texto No Linux (+5 Alternativas)

Retomando à série de artigos sobre comandos utilizados nas distribuições Linux (onde já vimos os comandos find, apt, dpkg, aptitude , chmod etc.), chegou a vez de apresentar o Lynx: o navegador web em modo texto.

Mas, antes de tudo: por que é importante saber navegar pela web a partir do terminal? Que vantagens isso pode proporcionar?

Embora a ideia não aparente ser atrativa aos adeptos de interfaces gráficas, o Lynx tem muito a contribuir na adaptação ao uso de comandos — importante skill para quem pretende construir carreira em Linux.

Todavia, este tipo de navegação oferece benefícios que vão além da adaptação. Como o funcionamento se dá apenas em função de textos, a navegação é bem mais rápida, consome menos memória e é vantajoso a usuários que preferem a experiência minimalista.

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

lynx navegador modo texto

Está preparado para se aprofundar nas funcionalidades do Lynx? Tudo o que você precisa entender acerca do Lynx está neste conteúdo. Acompanhe!

O que é o Lynx?

O Lynx foi o primeiro browser baseado em linhas de comando a surgir e o seu desenvolvimento continua até a atualidade. A sua distribuição é feita sob licença GNU GPLv2 e o código fonte é escrito em linguagem C.

Este software foi criado para imprimir conteúdos textuais de padrão ASCII em terminais simples, sem qualquer suporte a arquivos de mídia ou linguagens para adicionar estilo (CSS, por exemplo).

A dúvida de muitas pessoas diz respeito às razões para se utilizar um browser como o Lynx em sistemas modernos. A resposta está na conveniência que o Lynx proporciona em função da baixa quantidade de informações a ser transferida, sobretudo para ambientes onde os dados devem trafegar rapidamente.

Leia também ...   LVM - Como criar volumes lógicos no HD do sistema LINUX

Esse tipo de necessidade é típica de administradores de sistemas, por exemplo, pois a velocidade e flexibilidade quanto à configuração são recursos cruciais para obter informações de maneira rápida e segura a partir de um servidor.

Como instalar o Lynx no Linux?

Neste tópico específico para instalação do Lynx, você aprenderá a adicioná-lo na distribuição Debian.

Instalação do lynx no Debian

A instalação no Debian começa pela atualização dos pacotes seguida do comando install:

sudo apt-get update

sudo apt-get install lynx

Pronto. O Lynx acaba de ser instalado em sua máquina!

Após fazer a instalação, basta começar a usar o comando lynx + endereço da web que deseja acessar.

lynx navegador internet terminal

Há alternativas para o lynx?

O propósito do artigo foi de apresentar o Lynx como exemplo de ferramenta para navegar pela Internet via terminal. Contudo, existe uma série de outros programas alternativos a este que, inclusive, oferecem mais possibilidades. A lista abaixo contém cinco dos principais deles.

1. w3m (Emacs/W3)

O w3m é um browser open source baseado em texto similar ao Lynx. A diferença entre eles está no suporte do w3m a certos elementos das páginas da web, como frames, imagens e tabelas; o que navegadores baseados em terminal não conseguem fazer.

Portanto, em termos de comparação, o w3m traz mais benefícios quanto à exibição de páginas, enquanto o Lynx exibe elas apenas em texto. Além disso, o w3m é compatível com editores Emacs, de modo que suas funcionalidades podem ser aprimoradas a partir de plugins.

2. Links

Escrito em linguagem C e distribuído com o código aberto, o Links é um navegador multiplataforma que lê tanto elementos textuais quanto gráficos, ou seja, ele conta com ambas as funções. Em adição aos recursos, destaca-se o suporte (limitado) a JavaScript.

Leia também ...   Node.js: Entenda o que é e como funciona essa tecnologia

A Twibright Labs, desenvolvedora do Link, disponibiliza outra versão mais completa do software: o Link2. A novidade trazida por ela é o suporte a mouse e cliques; funções que tornam a navegação mais próxima do que os usuários estão acostumados, mas utilizadas em um ambiente muito mais rápido.

3. Elinks

Baseado no Links, o Elinks é um browser baseado em terminal que oferece uma experiência mais completa e características modernas em relação aos demais. Não é por acaso que “Elinks” significa “Extend (ou ‘Enhanced’) Links”, isto é, uma versão aprimorada do Links.

Entre os diferenciais do Elinks, valem ressaltar:

  • alta compatibilidade com múltiplos sistemas operacionais;
  • navegação por abas;
  • suporte a vários protocolos (HTTP, HTTPS, IPv6, FTP etc.);
  • opção de downloads em segundo plano;
  • compatibilidade com scripts em Perl, JavaScript, Ruby, Lua e GNU Guile; e
  • suporte limitado a elementos CSS.

Em suma, o Elinks é um dos browsers de modo texto prediletos dos usuários, sobretudo pelo fato de ser mais fácil de usar — detalhe que facilita a experiência dos iniciantes em Linux.

4. Charlotte

O Charlotte Web Browser é um ponto fora da curva nesta lista devido a sua função peculiar de fornecer navegação textual em máquinas virtuais e plataformas de CMS (Content Management System).

Portanto, trata-se de um browser interessante para quem tem experiência, trabalha ou estuda com tais tecnologias, ou, simplesmente, necessita de navegação ágil a partir de dispositivos que não ofereçam os recursos de um PC.

Se aprofundar no Charllote é muito bom, também, para quem deseja trabalhar com mainframes. Isso porque ele é bastante utilizado por profissionais da área, visto que o foco do browser traz o que eles precisam, isto é: coletar informações rapidamente e em formato de texto.

Leia também ...   Linux Mint: Conheça uma das distribuições Linux mais utilizadas do mundo

Observação: o Charlotte está disponível para download neste link do site da IBM.

5. Browsh

Se os browsers baseados em terminal são extremamente úteis em termos de velocidade, o Browsh se mostra imprescindível quando a conexão com a internet é precária.

O propósito deste navegador é fornecer mais estabilidade à conexão, permitindo que as limitações não sejam um obstáculo insuperável para o carregamento da página.

Outro destaque positivo do Browsh é a economia de recursos de hardware que o software proporciona.

Em comparação aos navegadores convencionais, ele permite que a bateria de um laptop, por exemplo, dure horas a mais — isso varia conforme a capacidade da máquina.

Como vimos ao longo do conteúdo, o Lynx é uma ótima ferramenta para simplificar a navegação na web, ao mesmo tempo em que desenvolve a capacidade do usuário em utilizar o terminal e fornece vantagens relacionadas a desempenho.

Restou alguma dúvida acerca do tema? Deixe-a nos comentários!

Lembre-se: na página do Profissionais Linux você tem acesso a lições e conteúdos incríveis para desenvolver as suas habilidades e tornar-se um especialista

Sobre pedrodelfino

Trabalha a mais de 14 anos com administração de sistemas LINUX, dedicado em ensinar novos profissionais a atuar com servidores. Saiba mais aqui. "Caso queira participar de uma aula online comigo utilize o formulário Acima"