Arquivo RAR: 10 Dicas Para Trabalhar Direto No Terminal Do Linux

A extensão RAR (Roshal Archive) é um mecanismo de compressão de dados desenvolvido pelo russo Eugene Roshal. Logo, um arquivo RAR nada mais é que um container de dados, ou seja, múltiplos arquivos compactados em um só.

O uso do formato RAR ocorre desde a sua criação, em 1993, e continua bastante recorrente entre os usuários. Em comparação ao formato ZIP, que comprime até 4 GB, o RAR suporta mais de 8 bilhões de gigabytes.

Fora a alta capacidade de compressão, trabalhar com arquivo RAR nos permite utilizar outros recursos muito interessantes, como:

  • dividir o documento em várias partes, o que facilita a transferência de altos volumes de dados;
  • aplicar criptografia em arquivos; e
  • recuperar dados corrompidos.

Após essa breve apresentação do tema, vamos ao foco do post: quais são os principais métodos para manipular arquivos RAR? Neste artigo, listei os 10 comandos extremamente úteis nesse sentido. Acompanhe!

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

arquivo rar no linux

1. Instalar os comandos RAR e Unrar no Linux

Para trabalhar com arquivos em RAR nas distribuições do Linux, usaremos como exemplo os comandos RAR e Unrar. Tratam-se de aplicativos Linux usados para compactar / descompactar RAR e que oferece outras funções, conforme veremos adiante.

Contudo, recomendo que reserve alguns minutos a mais para conhecer o 7Zip, a ferramenta mais completa quando o assunto é compactação de arquivos. Ele é compatível com quase todos os métodos e formatos existentes.

1.1 Instalar o Unrar

Voltando ao Unrar, instale-o digitando os comandos:

sudo apt install unrar

1.2 Instalar o comando rar

Enquanto o Unrar é voltado a tarefas que envolvem descompactação e exploração de arquivos, o comando rar serve para criação, recuperação e configuração de senhas. Para instalá-lo, digite:

sudo apt install rar

2. Listar conteúdo de arquivo RAR

Antes de extrair qualquer coisa do arquivo RAR, convém descobrir o que há dentro dele, não é mesmo? O procedimento é muito simples: basta digitar o comando unrar junto da opção l. Acompanhe o exemplo:

unrar l arquivo.rar

Imediatamente, o terminal retornará a lista de itens juntos de alguns detalhes (nome, data, horário de modificação, tamanho, atributos etc.).

Leia também ...   Container Docker - O que é, e como utilizar a seu favor

3. Extrair arquivos RAR

O arquivo RAR em questão contém os itens que você esperava? Então você pode fazer a extração deles usando a opção e. Digite o simples comando, abaixo:

unrar  arquivo.rar

Logo em seguida, o terminal retornará o resultado de cada extração. Se acontecer alguma falha (envolvendo o método de descompressão, por exemplo), o Unrar exibirá uma mensagem de erro.

4. Adicionar itens a um RAR existente

A princípio, adicionar conteúdos a um arquivo RAR já existente pode parecer complicado por meio do terminal, mas o procedimento é simples. Utilize o comando unrar seguido da opção u (referente a update):

unrar u greatest_hits.rar track_1.mp3

ou

rar u greatest_hits.rar track_1.mp3

No exemplo acima, adicionamos uma faixa de música em mp3 a um arquivo RAR que já armazenava uma coletânea. Muito simples, não acha?

5. Criar documentos em formato RAR

Criar um arquivo RAR contendo um conjunto de objetos é muito simples. Digite o comando rar seguido da opção a e, em seguida, digite os nomes dos itens a serem compactados. Exemplo:

rar a arquivo.rar file1.dat ubuntu.iso tutorial.odt

6. Testar a integridade de um arquivo RAR

Se você está com problemas para descompactar um determinado arquivo ou, até mesmo, desconfie da integridade dele, utilize a opção t do Unrar para verificar se não está corrompido. Exemplo:

unrar t arquivo.rar

Logo em seguida o terminal exibirá o resultado do teste.

7. Configurar uma senha de proteção

Poder criar uma senha para impedir o livre acesso a dados importantes compactados em RAR, sem dúvidas, é uma das coisas mais legais que o comando rar proporciona.

Mais legal ainda é a facilidade com que podemos gerar uma chave de autenticação. Basta utilizar a opção a -p.

rar a -p arquivo.rar

Assim que acionado o comando, o terminal retornará as opções para prosseguir com a criação da senha.

Enter password (will not be echoed):

Reenter password:

Vamos ver se o recurso funcionou? Tente extrair os itens do arquivo e aguarde o programa solicitar a autenticação.

Leia também ...   Sistemas operacionais - Conheça os melhores do mercado e tenha outras opções

8. Trancar um arquivo RAR

É possível, também, trancar o arquivo para que ele não seja extraído ou modificado por ninguém. Ou seja, qualquer comando que implique mudanças no arquivo serão automaticamente ignorados. Que tal fazer um teste? Digite o comando seguido da opção k:

rar k registros.rar

9. Obter lista completa de comandos

Para quem está começando a estudar mais a fundo os comandos do Linux, sempre vale a pena acionar a opção help. Afinal, todas as opções da ferramenta serão listadas e descritas brevemente, servindo como um manual de instruções.

No Unrar, há dois comandos que servem para obter ajuda: man unrar e unrar | more.

Quanto ao comando rar, simplesmente digite rar (sem opções) ou, se preferir, use a opção -?.

10. Dividir o arquivo RAR em várias partes

Outra feature bacana do RAR é a função split. Ela permite que se crie um arquivo dividido em quantas partes o usuário desejar.

Vamos supor que você esteja trabalhando com um volume muito grande de dados e que precisará disponibilizá-los para download. Nesse caso, não é viável subir um arquivo RAR de 10 GB, certo? Então a solução pode ser dividi-lo em 20 partes.

Faça isso usando o comando da seguinte maneira:

rar a -v500M -R dados.rar dados/

A linha de comando acima fará com que os 10 GB de dados sejam comprimidos em RAR e subdivididos em partes iguais de até 500 MB. Como o poder de compressão do formato é grande, provavelmente os arquivos ficarão menores que o esperado.

No mais, são muitos os recursos existentes, não é mesmo? Ao utilizar as dicas listadas no conteúdo, você conseguirá aplicar vários complementos ao arquivo RAR. Aproveitando o tema sobre formatos de compressão, recomendo que leia este artigo para aprender a utilizar o já mencionado comando Tar.

Leia também ...   11 Ferramentas Free para trabalhar com PDF no Linux

Caso esteja se aprofundando em Linux e seus principais comandos, que tal obter um guia completo? Faça o download gratuito deste ebook do curso Linux Ubuntu e passe a dominar esse poderoso sistema!

Sobre pedrodelfino

Trabalha a mais de 14 anos com administração de sistemas LINUX, dedicado em ensinar novos profissionais a atuar com servidores. Saiba mais aqui. "Caso queira participar de uma aula online comigo utilize o formulário Acima"