UNetbootin – Como Criar Pendrive Bootável Sem Complicação

Entre todos os programas para criação de pendrive bootável listados no artigo especial feito sobre o assunto, o UNetbootin é, sem dúvidas, um dos grandes destaques. Podemos defini-lo como uma alternativa mais eficiente aos populares YUMI e Universal USB Installer.

Assim como a maioria das soluções da categoria, o UNetbootin é um software livre e de código aberto (licenciado sob a GNU License), criado por Geza Kovacs — também autor do Wubi, uma ferramenta que permite ao usuário instalar e iniciar o Ubuntu a partir do Windows.

Mas quais são as vantagens em optar por este software? O UNetbootin se destaca por oferecer agilidade ao processo — mais adiante explicarei o porquê — e, também, pelo fato de ser uma das poucas soluções disponíveis para Linux, macOS e Windows.

Quer saber o que mais o UNetbootin tem a oferecer? Neste artigo, explicarei as funcionalidades da ferramenta, como baixá-la em seu computador e, claro, como utilizá-la para tornar o seu dispositivo USB inicializável.

UNetbootin criar pendrive boot

Funcionalidades do UNetbootin

Nem todos os programas para criação de boot via USB trazem recursos exclusivos. Contudo, o UNetbootin não faz parte dessa lista; pois, embora muito se assemelhe aos demais, ele tem uma funcionalidade especial que agrega em agilidade e economia de banda larga. Abaixo, confira esta e outras vantagens desse programa.

Disponibilização de ISOs compactadas

O UNetbootin não somente fornece a transferência direta das imagens ISO que fazem parte da lista; ele transfere uma versão compactada da ISO. Ou seja, o tempo de download é consideravelmente menor e, também, poupa o consumo de banda larga — o que é imprescindível em ambientes de rede.

Esse recurso é também atrativo para quem não dispõe de serviços de banda larga de alta velocidade. Numa conexão de 200KB/s, por exemplo, considerando as demais atividades realizadas simultaneamente no computador, qualquer redução de tamanho da ISO faz muita diferença.

Leia mais:  RMPrepUSB: Como Utilizá-lo Para Criar Pendrive Bootável?

Compatibilidade com uma infinidade de sistemas operacionais

Um aspecto interessante em complemento à funcionalidade acima: há uma extensa lista de sistemas operacionais predefinidos no UNetbootin. Portanto a variedade de arquivos ISO compactados é muito grande, o que tende a agilizar a tarefa.

Todavia, vale ressaltar que o programa permite que uma ISO que não faça parte da lista seja instalada. Nesses casos, obviamente, o usuário não conta com o recurso de compactação.

Possibilidade de utilização via terminal

As soluções para criar pendrive bootável, geralmente, só dão a opção via interface gráfica e são voltadas para usuários do Windows.

O UNetbootin vai na contramão dessas ferramentas, pois há uma versão específica para o Linux — consequentemente, há a possibilidade de utilizá-la via terminal.

Se você tem ambições de se tornar um especialista em Linux, é crucial o domínio dos comandos para desenvolver suas habilidades na carreira; sendo assim, considere o UNetbootin um bom começo para lidar com os códigos.

Download e instalação do UNetbootin

Antes de tudo é necessário esclarecer que a instalação só é necessária na versão para o Linux. Nos demais sistemas (Windows e macOS) o UNetbootin é disponibilizado como software portátil, ou seja, ele não é instalado na máquina.

Em outras palavras, isso significa que a interface do software é carregada imediatamente após o duplo clique.

Conforme já explicado em outras oportunidades, a portabilidade é bastante útil aos profissionais de suporte técnico, visto que é possível executar a ferramenta em vários computadores sem instalá-la no HD.

Retomando o foco para os downloads, a versão do UNetbootin para Windows pode ser baixada aqui, enquanto a versão do macOS está disponível neste link.

Quanto ao procedimento de download e instalação no Linux, você precisa abrir o terminal e digitar os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:gezakovacs/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install unetbootin

O mais importante a salientar neste tópico é que fazer o download e a instalação do UNetbootin é uma tarefa fácil, independentemente do sistema operacional.

Leia mais:  Etcher: Conheça A Ferramenta Para Criar O Seu Pendrive Bootável

Criação de pendrive bootável com o UNetbootin

Chegou o momento de criar o boot de uma distro do Linux em um dispositivo USB. Neste tópico, ensinarei os procedimentos a partir da interface gráfica (válidos para todos os sistemas) e, também, usando o terminal (Linux).

Utilizando a interface gráfica

A interface do UNetbootin é simples, intuitiva e não requer muitas etapas para finalização do processo. Ao abrir o executável, selecione a distribuição que deseja copiar para o pendrive, bem como a sua respectiva versão. Verifique, em seguida, a unidade USB que receberá a instalação.

Se você optar por uma das distros listadas, basta clicar no botão “OK” e o programa iniciará o download seguido da instalação. Do contrário, caso queira selecionar a ISO diretamente do computador, marque a opção “Imagem de disco” e, então, localize o arquivo e prossiga clicando em “OK”.

Utilizando os comandos no terminal

Antes de começar, vamos a algumas ressalvas sobre a sintaxe dos comandos do UNetbootin — não se preocupe, ela é bem simples. Basicamente, ela consiste na inserção do comando unetbootin + opção=“valor”. Por exemplo:

unetbootin distribution=Debian

Quando o valor é composto de um link da internet ou tem mais de um nome, como o programa Kaspersky Rescue Disk, é preciso inserir aspas. Exemplo:

unetbootin distribution="Kaspersky Rescue Disk"

Além disso, é desnecessário usar um comando de cada vez; basta digitá-los lado a lado, separando-os por um espaço.

unetbootin lang=pt_BR distribution=Ubuntu version=18.04_Live_x64

Tranquilo, certo? Então vejamos, abaixo, como criar um boot do CentOS por meio dos comandos.

unetbootin method=distribution distribution=CentOS version=6_Live installtype=USB

Mas e se você quiser criar boot de uma ISO não listada no programa? Salve a imagem em um diretório (/home/iso/linuxmint-19.1-cinnamon-64bit.iso, por exemplo) e digite os comandos:

unetbootin method=diskimage isofile=/home/iso/linuxmint-19.1-cinnamon-64bit.iso installtype=USB

Caso prefira que o UNetbootin faça o download da ISO, digite:

unetbootin method=diskimage isofile=”http://mint.c3sl.ufpr.br/stable/19.1/linuxmint-19.1-cinnamon-64bit.iso” installtype=USB

Muito prático, não é mesmo? Em comparação aos demais programas do tipo, inclusive o Rufus (considerado o mais rápido de todos), o UNetbootin entrega mais velocidade ao processo quando o usuário ainda não tem a ISO gravada no computador.

Leia mais:  YUMI: Utilize Essa Poderosa Ferramenta Para Criar Pendrive Bootável

Agora que o seu Linux está pronto para ser testado, você sabe quais são os primeiros passos para utilizar esse poderoso sistema?

Caso ainda tenha dúvidas quanto à importância de aprender Linux e por que esse sistema operacional é tão considerado entre os grandes especialistas, convido você a visitar a página do Profissionais Linux!

ebook completo e Gratuito

Aprenda a Dominar o Linux De Uma Vez Por Todas

baixe sua Cópia

APRENDA A DOMINAR O LINUX