UNetbootin – Como Criar Pendrive Bootável Sem Complicação

Entre todos os programas para criação de pendrive bootável listados no artigo especial feito sobre o assunto, o UNetbootin é, sem dúvidas, um dos grandes destaques. Podemos defini-lo como uma alternativa mais eficiente aos populares YUMI e Universal USB Installer.

Assim como a maioria das soluções da categoria, o UNetbootin é um software livre e de código aberto (licenciado sob a GNU License), criado por Geza Kovacs — também autor do Wubi, uma ferramenta que permite ao usuário instalar e iniciar o Ubuntu a partir do Windows.

Mas quais são as vantagens em optar por este software? O UNetbootin se destaca por oferecer agilidade ao processo — mais adiante explicarei o porquê — e, também, pelo fato de ser uma das poucas soluções disponíveis para Linux, macOS e Windows.

Quer saber o que mais o UNetbootin tem a oferecer? Neste artigo, explicarei as funcionalidades da ferramenta, como baixá-la em seu computador e, claro, como utilizá-la para tornar o seu dispositivo USB inicializável.

APRENDA A DOMINAR O LINUX

Aprenda a dominar o LINUX de uma vez por todos, pegue sua cópia

  • Ferramentas para instalar softwares adicionais
  • Shell do LINUX passo a passo, e muito mais...

UNetbootin criar pendrive boot

Funcionalidades do UNetbootin

Nem todos os programas para criação de boot via USB trazem recursos exclusivos. Contudo, o UNetbootin não faz parte dessa lista; pois, embora muito se assemelhe aos demais, ele tem uma funcionalidade especial que agrega em agilidade e economia de banda larga. Abaixo, confira esta e outras vantagens desse programa.

Disponibilização de ISOs compactadas

O UNetbootin não somente fornece a transferência direta das imagens ISO que fazem parte da lista; ele transfere uma versão compactada da ISO. Ou seja, o tempo de download é consideravelmente menor e, também, poupa o consumo de banda larga — o que é imprescindível em ambientes de rede.

Leia também ...   Etcher: Conheça A Ferramenta Para Criar O Seu Pendrive Bootável

Esse recurso é também atrativo para quem não dispõe de serviços de banda larga de alta velocidade. Numa conexão de 200KB/s, por exemplo, considerando as demais atividades realizadas simultaneamente no computador, qualquer redução de tamanho da ISO faz muita diferença.

Compatibilidade com uma infinidade de sistemas operacionais

Um aspecto interessante em complemento à funcionalidade acima: há uma extensa lista de sistemas operacionais predefinidos no UNetbootin. Portanto a variedade de arquivos ISO compactados é muito grande, o que tende a agilizar a tarefa.

Todavia, vale ressaltar que o programa permite que uma ISO que não faça parte da lista seja instalada. Nesses casos, obviamente, o usuário não conta com o recurso de compactação.

Possibilidade de utilização via terminal

As soluções para criar pendrive bootável, geralmente, só dão a opção via interface gráfica e são voltadas para usuários do Windows.

O UNetbootin vai na contramão dessas ferramentas, pois há uma versão específica para o Linux — consequentemente, há a possibilidade de utilizá-la via terminal.

Se você tem ambições de se tornar um especialista em Linux, é crucial o domínio dos comandos para desenvolver suas habilidades na carreira; sendo assim, considere o UNetbootin um bom começo para lidar com os códigos.

Download e instalação do UNetbootin

Antes de tudo é necessário esclarecer que a instalação só é necessária na versão para o Linux. Nos demais sistemas (Windows e macOS) o UNetbootin é disponibilizado como software portátil, ou seja, ele não é instalado na máquina.

Em outras palavras, isso significa que a interface do software é carregada imediatamente após o duplo clique.

Conforme já explicado em outras oportunidades, a portabilidade é bastante útil aos profissionais de suporte técnico, visto que é possível executar a ferramenta em vários computadores sem instalá-la no HD.

Leia também ...   Rufus: Conheça Essa Incrível Ferramenta Para Criar Boot USB

Retomando o foco para os downloads, a versão do UNetbootin para Windows pode ser baixada aqui, enquanto a versão do macOS está disponível neste link.

Quanto ao procedimento de download e instalação no Linux, você precisa abrir o terminal e digitar os seguintes comandos:

sudo add-apt-repository ppa:gezakovacs/ppa
sudo apt-get update
sudo apt-get install unetbootin

O mais importante a salientar neste tópico é que fazer o download e a instalação do UNetbootin é uma tarefa fácil, independentemente do sistema operacional.

Criação de pendrive bootável com o UNetbootin

Chegou o momento de criar o boot de uma distro do Linux em um dispositivo USB. Neste tópico, ensinarei os procedimentos a partir da interface gráfica (válidos para todos os sistemas) e, também, usando o terminal (Linux).

Utilizando a interface gráfica

A interface do UNetbootin é simples, intuitiva e não requer muitas etapas para finalização do processo. Ao abrir o executável, selecione a distribuição que deseja copiar para o pendrive, bem como a sua respectiva versão. Verifique, em seguida, a unidade USB que receberá a instalação.

Se você optar por uma das distros listadas, basta clicar no botão “OK” e o programa iniciará o download seguido da instalação. Do contrário, caso queira selecionar a ISO diretamente do computador, marque a opção “Imagem de disco” e, então, localize o arquivo e prossiga clicando em “OK”.

Utilizando os comandos no terminal

Antes de começar, vamos a algumas ressalvas sobre a sintaxe dos comandos do UNetbootin — não se preocupe, ela é bem simples. Basicamente, ela consiste na inserção do comando unetbootin + opção=“valor”. Por exemplo:

unetbootin distribution=Debian

Quando o valor é composto de um link da internet ou tem mais de um nome, como o programa Kaspersky Rescue Disk, é preciso inserir aspas. Exemplo:

unetbootin distribution="Kaspersky Rescue Disk"

Além disso, é desnecessário usar um comando de cada vez; basta digitá-los lado a lado, separando-os por um espaço.

unetbootin lang=pt_BR distribution=Ubuntu version=18.04_Live_x64

Tranquilo, certo? Então vejamos, abaixo, como criar um boot do CentOS por meio dos comandos.

unetbootin method=distribution distribution=CentOS version=6_Live installtype=USB

Mas e se você quiser criar boot de uma ISO não listada no programa? Salve a imagem em um diretório (/home/iso/linuxmint-19.1-cinnamon-64bit.iso, por exemplo) e digite os comandos:

unetbootin method=diskimage isofile=/home/iso/linuxmint-19.1-cinnamon-64bit.iso installtype=USB

Caso prefira que o UNetbootin faça o download da ISO, digite:

unetbootin method=diskimage isofile=”http://mint.c3sl.ufpr.br/stable/19.1/linuxmint-19.1-cinnamon-64bit.iso” installtype=USB

Muito prático, não é mesmo? Em comparação aos demais programas do tipo, inclusive o Rufus (considerado o mais rápido de todos), o UNetbootin entrega mais velocidade ao processo quando o usuário ainda não tem a ISO gravada no computador.

Leia também ...   RMPrepUSB: Como Utilizá-lo Para Criar Pendrive Bootável?

Agora que o seu Linux está pronto para ser testado, você sabe quais são os primeiros passos para utilizar esse poderoso sistema?

Caso ainda tenha dúvidas quanto à importância de aprender Linux e por que esse sistema operacional é tão considerado entre os grandes especialistas, convido você a visitar a página do Profissionais Linux!

Sobre pedrodelfino

Trabalha a mais de 14 anos com administração de sistemas LINUX, dedicado em ensinar novos profissionais a atuar com servidores. Saiba mais aqui. "Caso queira participar de uma aula online comigo utilize o formulário Acima"